Pages

20 agosto, 2010

Sobre as eleições...


Época de eleições é sempre complicado. Encontrar um bom candidato é uma missão impossível e votar em branco ou nulo é o mesmo que aceitar qualquer coisa.

Este ano a situação está pior, os candidatos mais inseguros, as propostas mais mentirosas e os eleitores sem opção decente.
Uma coisa é certa sobre votos: se você é candidato não suba no púlpito de uma igreja para falar de política e se você é pastor não declare isso em sua campanha.
É um tédio ver políticos “confiados” em votos da maioria dos cristãos, que também, com o perdão da palavra, se deixam manipular por tudo o que os pastores falam.

Agora acabo de me decepcionar com o Marco Feliciano (é, ele mesmo, o tão famoso pastor e conferencista) que um dia encheu a boca para falar que, como pastor, nunca estaria envolvido com política. Ops, deixa eu ser mais clara, ele declarou: NUNCA me rebaixarei a ser político. E agora? ‘Marco Feliciano para Deputado Federal – Sonhe e ouse sonhar!’.

Eis o que ele diz: “Existem candidatos que são apoiados por pastores e suas devidas convenções, e como sempre caminhei sozinho, minha luta será grande. Não tenho apoio de muitos pastores, vou contar com o carinho da Igreja que sempre ora por mim e me defende quando possível. Não tenho púlpitos pra me apoiar, tampouco dinheiro pra fazer uma campanha num estado tão grande como São Paulo. Sendo assim, contarei com a ajuda de voluntários que acreditam no meu trabalho, com jovens sonhadores como eu, que me emprestarão por estes três meses, seus corações, seus veículos, suas horas, para juntos partirmos para o corpo-a-corpo nas ruas. Como já disse, não tenho os púlpitos, mas na calçada da igreja ou na rua podemos trabalhar, buscando votos e buscando o convencimento da população”.

Taaa! O Marco Feliciano não tem os púlpitos?? Aham. Por que será? Que pastores mais malvados... Vamos ver até onde ele vai chegar com essa história.

E ele disse mais:
[...] como eu disse são 11 milhões de evangélicos no Estado de São Paulo eu preciso que somente 90 mil deles me ajudem, mas se a minha cidade me ajudar e todo mundo me ajudar a gente pode chegar lá e fazer um bom trabalho”.

Não tenho dúvidas de que ele possa fazer um bom trabalho e, até acredito que vai ganhar mesmo “sem os púlpitos” (se é que isso é verdade), mas ele poderia deixar de se fazer de coitadinho e assumir uma postura mais sincera, já que tem uma multidão de seguidores pelo Brasil e que nem só de púlpitos são feitas as igrejas. Além disso vi no site da campanha dele projetos muito bons com base bíblica e ele deveria enfatizar mais suas propostas em vez de manter o foco no público evangélico.

Sei que tem gente que discorda, mas esta é só mais uma razão para eu não votar em pastores (principalmente os famosos)! Esses caras SE ACHAM!
Um dia, na Escola Bíblica Dominical, um dos professores falou que temos que votar em candidatos cristãos porque eles tomarão as decisões mais sábias, visto que temem a Deus. Disse também que os cristãos devem estar envolvidos na política sim e que eles podem influenciar as leis do Brasil (Ôeee...). Ok, não sou ninguém para dizer que ele está errado, mas sou contra apelações de votos “em nome de Jesus”.

Já vi "palhacices" demais para aceitar algumas atitudes.
#prontofalei

P.S: Não sou contra cristãos na política, mas acredito que colocar Deus na jogada não é uma boa idéia. Ele não é um instrumento para manipulação.
P.S.2: O jingle do Marco Feliciano é m.u.i.t.o. tosco!
P.S.3: Desculpem minha repugnância, é que tanta abobrinha me irrita.

4 comentários:

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

Susy disse...

que opinião! amo ler!

DeniseCosta disse...

Sinceramente prefiro nem comentar nada a respeito disso e muito menos da igreja que levarei pra sempre em meu coração, pois são muitas e muitas coisas que me irritam e me deixam indignada. Mas espero que essa época de politicagem passe logo e que os problemas que a igreja enfrenta hoje sejam exterminados logo de uma vez por todas!
Abraços...

Alexandre Sato disse...

Tens uns " Pastores " por profissão e não por chamado, que deveriam ler essa reportagem, pois apelam nos Púlpitos a troco de cargo eleitoral.

Viborassssss