Pages

09 maio, 2011

Marley & Eu

"Um cachorro não precisa de carrões, de casas grandes ou roupas de marca; um graveto está ótimo pra ele. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Dê seu coração pra ele e ele lhe dará o dele.
De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial?
Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?"


Depois de um século que foi lançado eu assisti... e ameeei. Várias cenas fazem lembrar o meu filhotão... e é isso mesmo: um cachorro é, além de tudo, um grande amigo. E poucos são aqueles que percebem tal fato.

4 comentários:

Hadassa Brito disse...

eu tenho uma cadelinha, assisti este filme uma vez só, não suportaria outra vez. Afinal de contas sei muto bem o que se passa neste filme, e ela a Monyta é minha amiga a 11 anos.

beijo e ótima semana!

Ariane (: disse...

Hadassa... nós que temos cães sabemos o quanto a amizade deles se torna essencial. Bjinhos pra vc e p/ Monyta que deve ser linda (:

Thata disse...

Nunca vi o filme (tô mais atrasada que você rsrsrs) mas dizem que é mesmo emocionante...Já me contaram o final :( aí fica meio chato, mas acho que um dia eu vou ver...
bjs!

Ariane Oliveira disse...

Thata... welcome!
Pois é... quando a gente sabe o final fica chato mesmo, mas vale a pena ver pelas cenas... pelos atrevimentos do Marley... haha, é bem divertido.

Bj!